Como proteger a audição nesta passagem de ano?

 

A passagem de ano é um momento de celebração e alegria. Nas festas de final de ano é comum estarmos expostos a música alta, fogo de artifício, foguetes, etc, colocando a nossa audição à prova. Muitas pessoas não sabem que prevenir danos nesta noite é fundamental para a sua qualidade de vida.

Uma das causas mais comuns de problemas auditivos é a exposição a sons intensos. Os especialistas estimam que ruídos acima dos 85 decibéis são prejudiciais ao nossos ouvidos, e quanto mais alto e repetitivo for o ruído, maior será o dano às células da cóclea do ouvido.

 

Como evitar esses danos na passagem de ano?

 

A melhor forma de cuidar da sua audição é manter-se longe das fontes de som intenso, como fogo de artifício, colunas em festas, etc.

A exposição a barulhos e sons intensos pode causar dois tipos de perda auditiva: a temporária e permanente. A primeira é mais comum e ocorre após uma exposição a ruído, mas é reversível, dependendo da intensidade e do tempo de exposição ao som.

A perda auditiva permanente não precisa de explicação: acontece quando o ouvido sofre um dano permanente.

Em qualquer um dos casos, quanto mais rápido receber atendimento médico, maior é a probabilidade de reverter o problema. Nesta passagem de ano, seja prudente e não coloque a sua audição em risco.